Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Os diletantes são-no geralmente de ideias ou de emoções - porque para compreender todas as ideias ou sentir todas as emoções basta exercer o pensamento ou exercer o sentimento, e todos nós, mortais, podemos, sem que nenhum obstáculo nos coarcte, mover-nos liberrimamente nos ilimitados campos do raciocínio ou da sensibilidade.” Eça de Queiroz

Lady Thatcher

João A. Moreira, em 08.04.13

Morreu hoje Lady Thatcher!

Numa época em que se pensava impossível uma mulher assumir o cargo de primeiro-ministro dum dos países mais influentes do mundo ou em que no mínimo se esperaria que, caso tal sucedesse, seria uma feminista de esquerda, eis que surge na cena mundial Margaret Thatcher.

Conservadora, como só os ingleses o sabem ser, decidida e de carácter intocável, Thatcher foi,  juntamente com Reagan e com S.S. o Papa João Paulo II, uma combatente intransigente da utopia comunista que ajudou a derrubar. Com uma determinação inabalável abriu as portas da liberdade a milhões de cidadãos de leste que durante mais de 50 anos viveram sob égide dum igualitarismo miserabilista que apenas lhes trouxe fome, perseguição e morte. Com a mesma determinação, travou definitivamente a espiral de influência dum sindicalismo obsoleto e politicamente engajado, o que lhe valeu o epíteto de "Dama de Ferro". Garantiu, sem pudor em recorrer à força das armas, a manutenção das possessões britânicas de além-mar, numa guerra breve, que acabou com a completa humilhação da Argentina. Numa altura em que estava na moda ser europeísta, defendeu à exaustão o seu eurocepticismo, garantindo para a Grã-Bretanha a manutenção da mais importante das políticas económicas, a da cunhagem e controlo da sua moeda. Conhecedora das históricas hesitações francesas, demarcou-se do anti-americanismo de Miterrand e reafirmou a Aliança Atlântica, que por duas vezes já havia salvo a Europa da tirania.

E, por último, mas não menos importante, afastou-se da cena política com uma dignidade reconhecida até pelos seus adversários e ao contrário do que acontece por Portugal, levando à letra o significado da palavra afastar.

Morreu hoje, deixando como legados a defesa intransigente da liberdade e da dignidade no exercício do poder.

O Mundo fica mais pobre!

Fique em paz, Lady Thatcher.

Autoria e outros dados (tags, etc)



os diletantes

JdF
Joana da Franca

JAC
João Albuquerque Carreiras

João A. Moreira
João Almeida Moreira

ajbarrote
Jorge Barrote

osdiletantes@sapo.pt





pesquisar

Pesquisar no Blog  




Google Analytics