Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Os diletantes são-no geralmente de ideias ou de emoções - porque para compreender todas as ideias ou sentir todas as emoções basta exercer o pensamento ou exercer o sentimento, e todos nós, mortais, podemos, sem que nenhum obstáculo nos coarcte, mover-nos liberrimamente nos ilimitados campos do raciocínio ou da sensibilidade.” Eça de Queiroz

Concertos que não v(ere)i

JAC, em 10.09.13

Is everybody in?

Is everybody in?

Is everybody in?

The ceremony is about to begin...

Wake up!

You can't remember where it was
Had this dream stopped?

 

The Doors foram um ciclone de difícil definição, liderados por um poeta maldito que embrulhou os blues numa atitude pré-punk criando um rock-blues hipnótico, assente nos delirantes telcados de Ray Manzarek e num vocalista que redefiniu o conceito de performer.
A experiência de um concerto com Jim Morrison, porque por certo de uma experiência se tratava, é algo que nunca pude assistir, mas fica a imaginação de me deixar hipnotizar por "The End", saltar ao compasso de "Roadhouse Blues" ou sentir a tempestade com "Riders on the Storm".

Autoria e outros dados (tags, etc)



os diletantes

JdF
Joana da Franca

JAC
João Albuquerque Carreiras

João A. Moreira
João Almeida Moreira

ajbarrote
Jorge Barrote

osdiletantes@sapo.pt





pesquisar

Pesquisar no Blog  




Google Analytics