Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Os diletantes são-no geralmente de ideias ou de emoções - porque para compreender todas as ideias ou sentir todas as emoções basta exercer o pensamento ou exercer o sentimento, e todos nós, mortais, podemos, sem que nenhum obstáculo nos coarcte, mover-nos liberrimamente nos ilimitados campos do raciocínio ou da sensibilidade.” Eça de Queiroz

Melhor do que o silêncio...

João A. Moreira, em 01.03.13

 

Num dos meus constantes regressos a Agustina encontrei este texto datado de Maio de 1998 e publicado na revista brasileira Factos:

 

“Isto de ninguém ser profeta na sua terra tem a excepção em Caetano Veloso que, sem o seu público do Brasil, é uma sombra do talento e graça natural. No palco do Palace em São Paulo ele é mais do que um crack da canção; é um poeta fantasioso nos próprios gestos e nas próprias aventuras do espectáculo.

Não sei se o fato inteiro e gravata são próprios para o samba, ainda que abordado pela insídia intelectual. Mas tudo nele parece genuíno, ainda que não o seja. E os onze elementos que o acompanham merecem um aplauso para lá do aplauso, melhor do que o silêncio, como diz o poema.”

 

Que maravilha! A minha escritora favorita a elogiar o meu músico favorito.

Resta-me continuar a reler o “Breviário do Brasil” ao som deste magnífico “Terra”.

Autoria e outros dados (tags, etc)



os diletantes

JdF
Joana da Franca

JAC
João Albuquerque Carreiras

João A. Moreira
João Almeida Moreira

ajbarrote
Jorge Barrote

osdiletantes@sapo.pt





pesquisar

Pesquisar no Blog  




Google Analytics